Como ser um bom ukê – Parte II

Quando escrevi o último artigo sobre como ser um bom ukê (se ainda não leu, clique aqui e passe lá), foquei-me em destacar pontos mais teóricos sobre como o ukê é uma parte importantíssima no aprendizado das técnicas e falei de algumas dicas para preparar as…

Kuki Nage e o mito das “técnicas fingidas”

O nome não é muito comum, mas trata-se de técnicas bem conhecidas.  O nome Kuki Nage(arremesso no ar), é um nome genérico dado a um pequeno grupo de técnicas de Te-waza que tem como ponto principal aproveitar o momento de desequilíbrio do oponente de tal forma que…

4 motivos para melhorar seu Ne-waza

Antes de conhecer o sensei Katsuhiko Kashiwazaki eu era um cara que não dava o menor valor para técnicas e lutas de solo. Quando competia em shiais eu era do tipo que, quando a luta passava para o chão, eu logo me agrupava, ou fugia, pra…

Como ser um bom Ukê

A grosso modo, Tori é aquele que aplica uma técnica e Ukê é aquele que a recebe. Digo “a grosso modo”, porque a simplicidade do termo não corresponde à complexidade da tarefa, pois passa a impressão de que o Ukê simplesmente empresta seu corpo para o…